menu

ouça ao vivo

ouça ao vivo

Publicidade

Publicidade

Putin determina envio de “missão de paz” para territórios na Ucrânia controlados por separatistas pró-Moscou

Após anunciar o reconhecimento das auto proclamadas repúblicas de Luhansk e Donetsk, no Leste da Ucrânia, o presidente da Rússia, Vladimir Putin,  determinou o envio de uma “missão de paz” aos dois territórios. De acordo com a agência RIA, o presidente instrui as Forças Armadas da Rússia a “garantir a paz” nas regiões controladas pelos separatistas. Não foram divulgados detalhes sobre como ocorrerá essa operação, que equivale na prática a uma invasão do território do país vizinho.

Separatistas pró-Moscou controlam boa parte do território de Luhansk e Donetsk desde 2014 e travam uma guerra que deixou cerca de 15 mil mortos.

Segundo o jornal o Globo, a decisão de reconhecer as duas repúblicas separatistas foi anunciada por Putin em um discurso marcado por referências históricas e ataques ao governo ucraniano e ao Ocidente, depois de uma reunião não programada e também televisionada do seu Conselho de Segurança Nacional. Na reunião, os outros 12 integrantes do Conselho defenderam o reconhecimento da independência.

“Creio ser necessário tomar uma decisão que deveria ter sido tomada há muito tempo: reconhecer, imediatamente, a independência e a soberania da República Popular de Donetsk e da Republica Popular de Luhansk”, afirmou Putin.

No pronunciamento, Putin apontou que a Ucrânia é uma “parte integral” da História russa, afirmando que a “Ucrânia moderna” foi criada pela União Soviética, um processo que, em sua opinião, foi “um erro” e que prejudicou a Rússia.

“Como resultado da política bolchevique, a Ucrânia soviética surgiu, e hoje há uma boa razão para que seja chamada de “Ucrânia de Vladimir Ilyich Lenin”. Ele é seu autor e arquiteto”, afirmou Putin.

Redação: Rádio SIM FM | 21/02/2022

Compartilhe este post.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *