menu

ouça ao vivo

ouça ao vivo

Publicidade

Publicidade

Tentando chegar aos EUA, 54 migrantes morrem em acidente de caminhão no México

Pelo menos 54 migrantes da América Central morreram quando o caminhão que os transportava virou no sul do México nesta quinta-feira (9), em um dos piores acidentes que atingiram pessoas que arriscavam suas vidas para chegar à fronteira com os Estados Unidos.

O acidente ocorreu quando o veículo bateu em uma curva fechada fora da cidade de Tuxtla Gutierrez, no estado de Chiapas, disse Luis Manuel Garcia, chefe da Agência de Proteção Civil da região.

O gabinete do procurador-geral mexicano informou que. até o momento, 54 pessoas morreram, incluindo homens, mulheres e crianças.

Imagens da Reuters mostram um caminhão branco virado para o lado em uma rodovia, com pessoas esparramadas em lonas no chão para atendimento médico. Alguns corpos das vítimas do acidente já estavam envoltos em panos brancos.

Um vídeo transmitido nas redes sociais mostrou uma mulher segurando uma criança chorando no colo, ambas banhadas em sangue.

O presidente Andres Manuel Lopez Obrador no Twitter expressou sua tristeza pelo incidente “muito doloroso”.

O acidente também feriu várias dezenas de pessoas, que foram levadas a hospitais na área, disseram as autoridades.

Os migrantes que fogem da pobreza e da violência na América Central normalmente viajam pelo México para chegar à fronteira com os Estados Unidos e, às vezes, se amontoam em grandes caminhões organizados por contrabandistas em condições extremamente perigosas.

A ministra das Relações Exteriores de El Salvador, Alexandra Hill, disse que seu governo está trabalhando para ver se há salvadorenhos entre as vítimas.

O Instituto Nacional de Imigração do México disse que oferecerá hospedagem e vistos humanitários aos sobreviventes, e o governador de Chiapas, Rutilio Escandon, disse que os responsáveis ​​pelo acidente serão responsabilizados.

Funcionários no México rotineiramente encontram migrantes amontoados em trailers, incluindo 600 pessoas encontrados escondidos na traseira de dois caminhões no leste do país no mês passado.

O governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, também pediu aos migrantes que não deixem sua terra natal para ir para os Estados Unidos.

Críticos afirmam que políticas mais rígidas levam os migrantes a procurar contrabandistas, colocando suas vidas em risco.

Redação: Rádio SIM FM | 10/12/2021

Compartilhe este post.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *