menu

ouça ao vivo

ouça ao vivo

Publicidade

Publicidade

Forró Itinerante: Prefeito Tarcísio Pedreira é inocentado pela justiça por acusação de provocar aglomerações em 2021

Nesta quinta-feira (26), o prefeito de São Gonçalo dos Campos, Tarcísio Pedreira, teve uma grande vitória no Tribunal de Justiça da Bahia. Por sete votos contra três, o prefeito foi inocentado da acusação de provocar aglomerações durante a pandemia da Covid-19 no período junino. A situação ocorreu quando o prefeito promoveu o Forró Itinerante que consistia num carro de som passando pelas ruas enquanto as pessoas ficavam em suas residências e utilizavam máscaras.

Nas noites de terça e quarta-feira, 22 e 23 de junho de 2021 em São Gonçalo, seria realizada uma ação intitulada “II Forró Itinerante”, promovido pelo sanfoneiro Raimundo do Acordeon, com o apoio do Governo Municipal. Entretanto, conforme já veiculado, soldados da Polícia Militar da Bahia impediram a realização da apresentação do músico, em um carro de som, que circularia pelas ruas da cidade, sem promover qualquer tipo de aglomeração, assim como já ocorreu no ano de 2020. Na manhã da quinta-feira, 24 de junho, por volta das 6h, o evento transcorria sem aglomerações, tendo passado pelo centro da cidade, formado pelo carro de som com o sanfoneiro da cidade, motociclistas da Guarda Civil Municipal, 4 carros da equipe de organização do evento e nenhum pedestre seguindo o cortejo, quando, mais uma vez, mesmo constatando que não havia qualquer aglomeração, a Polícia Militar da Bahia impediu seu prosseguimento.

O motorista do carro de som, que estava no exercício do seu trabalho, foi detido pela Polícia Militar e colocado no camburão da viatura, onde permaneceu durante todo o ocorrido. Por não aceitar a situação imposta àquele trabalhador e, junto com a população, protestar, o prefeito municipal Tarcísio Pedreira foi também detido, acusado de supostos atos de desrespeito à polícia. Como já constatado por vídeos, o II Forró Itinerante não é um evento com público aglomerado e aconteceria seguindo todas as normas de prevenção a Covid-19 e com as determinações do decreto municipal que na época estava disponível no Diário Oficial do Município.

Com a notícia de que a denúncia não foi recebida e que a justiça determinou o arquivo do processo, o prefeito Tarcísio Pedreira se pronunciou em suas redes sociais comemorando a vitória e exaltando o poder da justiça. “Hoje posso comemorar uma grande vitória, a vitória da verdade, da liberdade e da justiça. O Tribunal de Justiça da Bahia por sete votos a três, rejeitou a denúncia infundada do Ministério Público que pretendia me responsabilizar indevidamente por suposta aglomeração e atos de desrespeito à polícia militar no São João Itinerante de 2021, onde eu, meu irmão, o advogado Dr. Targino Neto, no exercício de sua profissão e o motorista do carro de som, Jorge, fomos injustamente detidos. Graças a Deus, a verdade venceu e a justiça se fez. O Tribunal de Justiça compreendeu que eu jamais estimulei aglomeração, que eu jamais violei qualquer medida sanitária, e que eu jamais desacatei ou desrespeitei os policiais militares e nem muito menos agredi verbal ou fisicamente ninguém. Continuarei sempre na luta e na defesa de nossa cidade. Sigo, portanto, como sempre, confiando na justiça de Deus e no poder do judiciário baiano”, finalizou Tarcísio.

Compartilhe este post.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *