menu

ouça ao vivo

ouça ao vivo

Publicidade

Publicidade

Exigência de comprovante de vacinação para uso do transporte intermunicipal começa a partir de hoje (10)

Foi pulicado no Diário Oficial do Estado (DOE), desde o dia 25 de novembro, o decreto que exige a comprovação de vacinação contra a Covid-19 para uso do transporte público intermunicipal na Bahia. A medida já está sendo válida a partir desta sexta-feira (10).

No Terminal Rodoviário de Feira de Santana, muitos passageiros já estavam cientes do decreto e aprovaram a nova medida, mas alguns foram pegos de surpresa.

Aguardando o ônibus com destino à Salvador, Matheus Santana informou à reportagem do Acorda Cidade que já estava com o comprovante de vacinação com as duas doses aplicadas, esperando agora a dose de reforço.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Já o pedreiro João Siciliano, explicou que no momento da compra da passagem, não foi informado sobre a nova exigência, mas por sorte, estava com o comprovante em mãos.

“Eu já sabia desse decreto porque acompanhei pelos telejornais, mas quando eu comprei a passagem aqui, ninguém me falou nada sobre isso. Para minha sorte, estou com a caderneta aqui em dias, com as duas doses e no aguardo da terceira”, explicou.

Também aguardando o transporte para a capital baiana, Elton Cruz foi pego de surpresa e foi impedido de embarcar no ônibus por não apresentar o comprovante de vacinação.

“Eu cheguei aqui em Feira na segunda-feira para trabalhar e estou retornando para Salvador hoje, mas não estava sabendo dessa medida. Ontem quando eu comprei a passagem, ninguém me falou nada e agora estou aqui sem poder entrar no ônibus porque estou sem a caderneta. Estou esperando a minha esposa enviar a foto para que eu possa apresentar e seguir minha viagem”, afirmou.

Para a Irmã Maria das Graças que também estava esperando o ônibus com destino à Salvador, essa medida já deveria está valendo há muito tempo.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Essa medida é ótima, mas já deveria está sendo cobrada há mais tempo, porque infelizmente ainda tem muita gente resistindo a vacinação e a gente sabe que a vacina dificulta o processo da doença, então eu sou de acordo com esse decreto”, afirmou.

Redação: Rádio SIM FM | 10/12/2021

Compartilhe este post.

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Posts Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *